14.1.09

Taxa para imigrantes...

A notica bomba da semana foi a seguinte:

A Lega Nord dl ante-crise propôs uma taxa de 50 euros para dar o "permesso di soggiorno" (lê-se visto) para os extra-comunitários. E não somente, se fala também de uma taxa de 10 mil euros para o estrangeiro que quiser abrir um negocio próprio e precise de IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado ou Agregado). Ou seja, uma taxa que incide sobre a despesa ou consumo e tributa o "valor acrescentado" das transações efectuadas pelo contribuinte.

Ainda bem que estas emendas foram negadas pelo governo. Berlusconi diz que não concordava e que esta idéia não nasceu nas mesas do governo. Mas o presidente dos deputados Roberto Cota diz justa a taxa e que muitos países europeus a aplicam; dizem ainda que eles acham importante defender o principio de uma imigração regulamentada e que quem chega na Italia deve participar das despesas do governo para manter os gastos com a imigração.

Federico Bricolo, presidente dos senadores afirma que vai insistir para que esta proposta seja aprovada pela Camera e no Senado. E completa dizendo: «in un momento di crisi economica come quello che stiamo vivendo, chiedere agli extracomunitari cinquanta euro per il rinnovo del permesso di soggiorno ci sembra davvero il minimo». Traduzindo: "em um momento de crise economica como a que estamos vivendo, pedir ao extra-comunitários 50 euros para renovar o visto nos parece realmente o mínimo!"

O que posso dizer a respeito? Não tenho palavras, acho uma vergonha!

Um comentário:

Cris disse...

Ainda bem que foi negado, pois alem de pagar a taxa da Posta, acho que è por volta de 30 euros e ter que pagar mais 50 ninguem merece!!!

Um beijo