25.9.11

Mais uma para meu Curriculum Vitae

.



Com o passar dos anos o meu Curriculum Vitae vai aumentando... uma lista de problemas e doenças que não permitem que o meu dia seja normal, sem dores. Depois da descoberta da Sindrome de Sjogren há 12 anos, veio o Lupus, em seguida a artrose cervical, então em abril de 2011 descobri a minha esterelidade (ainda que sem causa aparente, conhecida como ESCA), agora é a vez da Hemicrânia (um tipo de cefaléia).
Aprender a conviver com a dor 24h por dia e 365 dias por ano não é fácil nem simples. Se eu fosse hipocondríaca seria perfeito, remédios e mais remédios. Teve periodos que na mesa cheguei a ter mais de 4 remédios a tomar, era assustador! Mas vou confessar que a notícia de mais esta problemática não me abalou muito, afinal como diria uma amiga minha (desculpem mas vou dizer na lata mesmo!): o que é um peido para quem está na merda! Então... é só uma coisa a mais no meio de toda esta bagunça. Mais uma coisa com o qual se ocupar, pensar, preocupar e cuidar. Quando penso que existem pessoas com problemas bem maiores...
Na quinta, quando fui ao hospital presenciei cenas tristes de uma familia que perdeu um parente. Um rapaz de 26 anos não resistiu aos ferimentos do acidente com sua moto e morreu bem ali, no ambulatório ao lado ao meu enquanto eu estava deitada esperando o remédio para a  dor fazer efeito. Os mais sensíveis, como eu, ficaram evidentemente abalados e emocionados com o ocorrido. O triste é ver que também existem pessoas insensíveis e egoistas, que não se importavam e queriam prioridade a todo custo! A dor extruciante da familia de Fabio (este era o nome do rapaz) não podia se comparar à minha, ainda que a minha durasse já por uma semana direto. A vida é preciosa, mesmo que tenhamos que enfrentar problemas atrás de problemas!
Mas ainda sim, não é fácil enfrentar estes obstáculos sem se abater. Quando são as dores articulares, quando são as dores na nuca, quando as dores de cabeça... É sempre ou isso ou aquilo. E ainda tem o marido dizendo sempre: Não é possível, você nunca está bem! Como se tudo fosse uma desculpa para não fazer os "deveres de casa".
Voltando... A Hemicrania é um tipo de cefaléia primária (que no final das contas não sei se primaria é melhor ou pior que secundária!). Enfim... é uma dor de cabeça incomun, mas não é rara; acontece que ela é pouco conhecida, por isso muitas vezes é diagnosticada erroneamente. As suas dores são unilaterais, ou seja em um dos lados da cabeça, podendo ser alternados. Porém existem alguns casos de hemicrânia bilateral (que é a minha), em toda a cabeça. A frequência das dores podem ser de várias vezes por dia ou durar de horas a dias, sendo de moderadas a agudas. É preciso um tratamento com acompanhamento médico, exames frequentes para evitar uma evolução da doença ou uma maior incidência das crises.
Não sei o que fui ou fiz nas minhas vidas passadas, mas se colhemos hoje o que plantamos ontem... acho realmente que eu tinha muita coisa a responder nesta vida. Mas isso não importa, estou tentando fazer a minha parte, lutando com todas as minhas forças, com resignação e fé em Deus. Amor não me falta, pessoas que estão ali sempre ao meu lado (mesmo com toda distância) com a mão estendida para me dar apoio e conforto... não existe coisa melhor!
Então, é bolo para frente!! "Bora" encarar mais esta!

.

Um comentário:

Cris disse...

Força Anne! Se te deram mais esse peso, è pq ELE sabe que voce suporta! Vamos que vamos que atras vem gente! Qualquer coisa eu to aqui! Beijos